Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
15





                                             

                            

 

 

 


Dois Projetos Gaúchos são Contemplados no Rumos
Dois Projetos Gaúchos são Contemplados no Rumos

DOIS PROJETOS GAÚCHOS SÃO CONTEMPLADOS NO RUMOS

 

CULTURA:  INICIATIVA DO ITAÚ CULTURAL VAI APOIAR TRABALHOS DA CINEASTA LILIANA SULZBACH E DO GRUPO TEATRAL ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ.

 

Um dos mais importantes programas de fomento à produção artística no Brasil, o Rumos Itaú Cultural divulgou na segunda-feira os selecionados da sua 17ª edição, que conta com R$ 15,5 milhões de verba.  Do Rio Grande do Sul foram contemplados dois projetos:  CALIBAN – APONTAMENTOS SOBRE O TEATRO DE NUESTRA AMÉRICA, do grupo teatral Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, e A CIDADE INVENTADA – VERSÃO EXPANDIDA E INTERNACIONAL, documentário de Liliana Sulzbach realizado pela produtora Tempo Porto Alegre.  Houve um crescimento da verba destinada ao projeto em 2016: a edição anterior contou com R$ 13,5 milhões para o fomento.

 

O anúncio foi realizado em coletiva de imprensa na sede do Itaú Cultural, na Avenida Paulista, em São Paulo, para jornalistas de veículos de todo o país.  No total, foram avaliados 12.126 projetos aptos a concorrer, sendo 117 os selecionados, representantes de 25 Estados.  São Paulo teve maior número de contemplados, com 34 (29,3% do total); seguido por Rio de Janeiro, com 16 (13,8%); Minas Gerais, com 10 (8,6%); Bahia, com 8 (6,9%); Pernambuco, com seis (5,1%); e Pará, com cinco (4,3%).

 

Os projetos foram inscritos em três categorias: Criação e desenvolvimento (concepção e/ou desenvolvimento de projetos artístico-culturais), documentação (organização e preservação de acervos relacionados à arte e à cultura brasileiras) e pesquisa (desenvolvimento de pesquisas em arte e cultura brasileiras).  O maior número de propostas está em audiovisual/documentário (48), patrimônio e memória (45), artes visuais (40), formação (30) e música (28).

 

 

A CIDADE INVENTADA – VERSÃO EXPANDIDA E INTERNACIONAL contempla os trabalhos que Liliana já realizou sobre o vilarejo-hospital localizado a 60 quilômetros de Porto Alegre, construído em 1940 para abrigar e isolar portadores de hanseníase (lepra).  Chegou a ter mais de mil habitantes.  Hoje restam ali pouco mais de 30.  O novo projeto dará continuidade ao curta-metragem A CIDADE (2013), premiado em festivais no Brasil e Exterior e exibido em salas de cinema, e ao webdocumentário interativo A CIDADE INVENTADA (2014).

 

 

Já CALIBAN – APONTAMENTOS SOBRE O TEATRO DE NUESTRA AMÉRICA é um trabalho desenvolvido por um dos mais importantes grupos teatrais do Estado, o Ói Nóis Aqui Traveiz, que está à frente do espaço cultural Terreiro da Tribo e é reconhecido também por sua atuação na área da pesquisa que realiza desde os anos 1970.  A iniciativa aprovada prevê intercâmbio cultural com Cuba.

 

Diretor do Itaú Cultural, Eduardo Saron destacou a importância dada pelo programa a propostas experimentais que envolvam o contexto social onde se realizam:

 

- O Rumos não é patrocínio, mas parceria.  Mais importante não é a obra acabada, como um produto ou objeto, mas o processo artístico e como os projetos mobilizam seu entorno.

 

Também foi destacado o grande número de projetos envolvendo questões raciais, de gênero e comunidades isoladas.  Outro aspecto ressaltado foram as propostas dos chamados artistas viajantes, que promovem intercâmbios entre diferentes culturas da América Latina ou de países relacionados à história brasileira.

 

- Questões geográficas não são pressupostos do Rumos, mas sim o desejo de diversidade e alcance – observou Saron  a respeito da concentração de iniciativas aprovadas na região sudeste.

 

 

Assista ao webdocumentário interativo A CIDADE inventada em:

                  http://www.acidadeinventada.com.br/#home

 

Fonte:  ZeroHora/Segundo Caderno/Francisco Dalcol (francisco.dalcol@zerohora.com.br) em 11 de maio de 2014.