Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
8





                                              

                            

 

 

 


Encontro Marcado, Hits dos Anos 1970 e 1980
Encontro Marcado, Hits dos Anos 1970 e 1980

COMPANHEIROS DE ESTRADA

 

Turnê histórica reuniu no Auditório Araújo Vianna músicos que emplacaram uma coleção de hits nos anos 1970 e 1980.

 

Em uma amizade de mais de 40 anos, eles já dividiram de tudo – de composições à moradia.  Só faltava repartir o mesmo palco.  Não falta mais: Flávio Venturini, a dupla Sá & Guarabyra e a banda 14 Bis se reuniram para o espetáculo ENCONTRO MARCADO, que esteve em Porto Alegre, em agosto, no Auditório Araújo Vianna, em apresentação única.

 

A reunião oi idealizada pelos empresários Gegê Lara e Carlos Alberto Xaulim, que também são amigos de longa data dos músicos e, segundo Sá, pegou todos de surpresa:

- Apesar de nós sete termos uma longa história em comum há mais de 40 anos, não havíamos tido a ideia de nos juntarmos no palco.  Ficamos surpresos com o fato de que isso nunca nos tivesse ocorrido antes, acredita?

 

Os sete são egressos da peculiar cena musical que surgiu em Minas Gerais na virada dos anos 1960 para os 1970, de onde saíram ainda Milton Nascimento, Lô Borges e Fernando Brant (1946 – 2015).  Em sua gênese, está a mistura de música regional com rock inglês (especialmente Beatles) e conjuntos de baile, além de uma vocação para experimentação.

 

Esse caldo forte deve se fazer presente no repertório escolhido para ENCONTRO MARCADO, composto apenas por grandes hits.  Entre eles, Dona, Todo Azul do Mar, Espanhola, Caçador de Mim, Sobradinho, Nascente e Linda Juventude.

- Escolhemos aquelas músicas que têm pelo menos um dentre esses perfis: foram sucessos de execução; fazem sucesso nos shows de cada um; são parcerias queridas nossas.  Demos uns aos outros a liberdade de escolha.  Oi espantosamente fácil – explica Sá.

 

Em turnê pelo Brasil, o espetáculo tem reunido, além dos públicos cativos de cada um dos artistas, gente curiosa para ver ao vivo um pedaço importante da música popular brasileira.  Para Sá, “ENCONTRO MARCADO põe os pingos nos ‘is’ no que se refere ao nosso trabalho”:

- Somos um segmento daquela geração espremida entre as liberdades tropicalistas e a opressão ditatorial, geração que teve que abrir seu caminho em meio a turbulências.  Tenho a certeza de que grande parte do sucesso deste projeto vem do que o público sente para além dos olhos e ouvidos: sete pessoas que encontraram a liga que os une na música e na vida.  Acho que conseguimos formar um palco onde tudo o que acontece ali é de verdade, e nos orgulhamos muito disso.

 

FLÁVIO VENTURINI

Iniciou a carreira artística nos anos 1960 em festivais de música, consolidando-se na década seguinte como um dos pilares do Clube da Esquina.  Na mesma época, integrou o grupo O Terço e tocou com a dupla Sá & Guarabyra.  Em 1979, fundou o 14 Bis, banda em que ficou até 1987 e com a qual lançou algumas de suas principais composições.  Em carreira solo, destacou-se com Nascente e Espanhola (em parceria com Guarabyra).

 

SÁ & GUARABYRA

O projeto iniciou como trio.  Sá, Zé Rodrix & Guarabyra consagraram hits como Mestre Jonas, permanecendo nessa formação até 1973.  Como duo, passou a primeira década de vida misturando rock com influências regionais – criando aí alguns de seus maiores sucessos, entre estes o xote Sobradinho e a balada Espanhola (em parceria com Flávio Venturini).  A partir da segunda metade dos anos 1980, lançaram hits populares, como a canção-tema da novela Roque Santeiro e Dona.

 

14 BIS

O combo formado pelos irmãos Flávio e Cláudio Venturini, Sérgio Magrão, Vermelho e Hely Rodrigues nasceu influenciado por Beatles, rock progressivo e folk music.  Fundado no final dos anos 1970, lançou seu primeiro disco apenas em 1979.  O álbum continha a emblemática Canção da América, dos amigos Milton Nascimento e Fernando Brant.  Durante os anos 1980, a banda lançaria uma série de músicas que se tornaram hits radiofônicos, como Bola de meia, bola de gude, Linda juventude e Caçador de mim.  Flávio Venturini saiu do grupo em 1987 para seguir carreira solo.

 

Fonte:  Zero Hora/Gustavo Brigatti (gustavo.brigatti@zerohora.com.br) em 19/8/2016.