Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
1





                                              

                            

 

 

 


The Get Down, série criada por Baz Luhrmann
The Get Down, série criada por Baz Luhrmann

AUMENTA QUE É HIP HOP

 

THE GET DOWN, SÉRIE DA NETFLIX, ACOMPANHA O SURGIMENTO DO RITMO MUSICAL QUE TOMOU CONTA DA AMÉRICA, E DO MUNDO, A PARTIR DOS ANOS 1970.

 

Num período em que o mundo se volta para os Estados Unidos, às vésperas das eleições presidenciais, estreia uma produção televisiva fundamental para entender a cultura da nação mais poderosa do planeta, marcada recentemente por uma onda de protestos da comunidade afro-americana por conta da violência da polícia.  Em sintonia com  o momento, a série THE GET DOWN, disponível para os assinantes do serviço de streaming Netflix, aposta em um elenco quase exclusivamente negro para abordar o surgimento do hip hop na cena cultural e musical dos anos 1970 em Nova York.

 

Criada pelo australiano Baz Luhrmann, diretor indicado ao Oscar por MOULIN ROUGE: AMOR EM VERMELHO (2001), o seriado retrata o dia a dia dos jovens do Bronx que se armaram, há quatro décadas, de passos de dança e rimas na tentativa de mudar suas vidas.  O cineasta mescla trechos de filmagens da Big Apple na década de 1970 com ficção, composições originais e novas versões de clássicos daquele período.

 

O drama musical gira em torno de uma turma cansada das canções de igreja e sem dinheiro para entrar nas discotecas do momento.  É a partir do gospel e da disco, em meio à explosão do tráfico de cocaína e à repressão policial, que surge uma nova música urbana.

 

O elenco, à exceção de Jaden Smith, filho de Will Smith, é composto por atores pouco conhecidos do público.  Os protagonistas são Ezekiel “Books” Figuero (Justice Smith) e Mylene Cruz (Herizen Guardiola), colegas de turma.  Ele não sabe o que fazer do seu talento para a poesia; ela sonha em se tornar estrela da disco.  Os dois vivem uma conturbada história de amor e irão deparar com figuras do universo cultural e político da época.

 

Para recriar aquele ambiente, Luhrmann, que já trabalhou com Missy Elliott e Jay Z, contou com parceiros como o rapper Nas, que entrou como produtor-executivo e compôs faixas para a série.  A busca por autenticidade não parou por aí.  Há também contribuições de nomes como Rahiem, Afrika Bambaataa, DJ Kool Herc, Kurtis Blow e a dupla de grafiteiros Crash and Daze.  O historiador e jornalista Nelson George, autor de HIP HOP AMERICA, prestou consultoria.  E Grandmaster Flash, um dos pioneiros do hip hop, ministrou workshops para a equipe, enquanto coreografias de break e da disco eram ensaiadas à exaustão pelo elenco.

 

CURIOSIDADES DA SÉRIE

 

MODA

Assinado por Jeriana San Juan, o figurino, um dos pontos altos da série, resgata roupas originais dos anos 1970 em releituras do que era usado não só na pista de dança com as peças da era disco, mas também no cotidiano dos moradores do Bronx.

 

TRILHA SONORA

Nomes famosos dos anos 1970, como Donna Summer, se juntam a talentos da música atual como Nas, que também é um dos produtores da série, Grandmaster Flash, Zayn, leon Bridges e Christina Aguilera.

 

INVESTIMENTO PESADO

A primeira temporada mostra o resultado de pesquisa.  Uma parceria com a Sony, THE GET DOWN é a mais cara produção da Netflix, estimada em US$ 120 milhões.

 

TRAILER:  https://www.youtube.com/watch?v=NaxfH5v8YR0

 

Fonte:  Zero Hora/Caderno Fíndi/Rafael Balsemão (rafael.balsemao@zerohora.com.br) em 14/08/2016.