Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
3





Partilhe esta Página

                                             

                            

 

 

 


Editora Culturama Assumiu os Gibis da Disney
Editora Culturama Assumiu os Gibis da Disney

GIBIS DA DISNEY VOLTAM ÀS BANCAS POR CAXIAS

 

Editora gaúcha Culturama assumiu edição, publicação e distribuição das revistinhas da turma de Mickey e Donald

 

Justamente no ano em que Mickey Mouse completou seu 90º aniversário, o camundongo mais famoso do mundo ganhou uma ligação especial com o Rio Grande do Sul. Ao lado de Pato Donald, pateta e Tio patinhas, Mickey estampará gibis editados, publicados e distribuídos a partir de Caxias do Sul. Em junho de 2018, após 68 anos como responsável pela publicação dos quadrinhos Disney no Brasil, a editora Abril anunciou que deixaria de promover novos lançamentos – uma das medidas tomadas pela empresa em meio ao pedido de recuperação judicial decorrente de dívidas da ordem de US$ 1,6 bilhão.

 

A editora e distribuidora caxiense Culturama foi escolhida pela Disney para assumir a continuidade das revistinhas. Os primeiros exemplares com o selo da Culturama estão previstos para março de 2019.

 

- Gerações de brasileiros foram alfabetizados com gibis Disney da editora Abril. Essa responsabilidade, esse legado de parte da educação do Brasil está indo para Caxias do Sul. A cidade deve se orgulhar muito disso – comenta o editor Paulo Maffia, que comandou os quadrinhos Disney na Abril por 15 anos e agora se une à equipe da Culturama.

 

De acordo com Maffia, o fator determinante para a escolha da editora caxiense como responsável oficial pela publicação dos quadrinhos Disney no Brasil foi seu modelo de distribuição. Além das já tradicionais bancas de revistas, a Culturama coloca suas publicações nas prateleiras de lojas de brinquedos, bazares e até farmácias. Esse plano de venda fez a editora alcançar o impressionante número de mais de 12 milhões de livros vendidos em 2017, apesar da crise que atinge o setor livreiro.

 

- A Culturama está à frente de outras editoras, pelo menos uns seis, sete anos, em matéria de distribuição. As pessoas pensam que a internet é a culpada dessa crise do setor editorial, mas são os pontos de venda. As bancas estão acabando, e a Culturama, com um projeto pioneiro de mais de cinco anos, vem distribuindo em pontos alternativos. Está fazendo uma revolução não só no Brasil como no mundo – elogia Maffra.

 

TRABALHOS COM DESENHISTAS BRASILEIROS NO HORIZONTE

 

O leque de gibis editados, publicados e distribuídos pela Culturama a partir de 2019 inclui cinco linhas principais: MICKEY, TIO PATINHAS, PATO DONALD, PATETA e AVENTURAS DISNEY. Além disso, a editora caxiense também é autorizada a comercializar livros de referência (como revistas com atividades) das linhas Disney, Marvel e Star Wars, tríade das mais importantes nesse universo infantojuvenil.

 

- Uma das minhas funções será ampliar esse portfólio de publicações da Culturama, não vamos trabalhar só com quadrinhos. Além dos gibis mensais, ao longo do ano teremos diversos formatos diferentes, edições comemorativas, edições de Natal. O céu é o limite – comemora Maffia.

 

O editor comenta ainda que há um projeto, a longo prazo, de que a Culturama possa produzir histórias Disney por aqui:

 

- Hoje, nós compramos histórias, traduzimos, adaptamos para o Brasil e publicamos. Mas está nos nossos planos que a própria Culturama comece a produzir quadrinhos Disney, por meio de freelancers.

 

Vale lembrar que o Brasil já chegou a ser o maior produtor de quadrinhos Disney assinados por profissionais do próprio país, com destaque para desenhistas como o gaúcho Renato Canini, que deu alma ao personagem Zé Carioca, e o paulista Carlos Edgard Herrero, cocriador do Morcego Vermelho. Hoje, quem comanda esse mercado de produção própria são Itália e Dinamarca. Mas talvez, uma nova era esteja para começar em breve, com Caxias do Sul na ponta de lança.

 

GIBIS DA DISNEY NO BRASIL

 

<> A revista em quadrinhos O PATO DONALD deu início à parceria da editora Abril com a Disney. O gibi mensal foi lançado em 12 de julho de 1950. A partir de janeiro de 1980, passou a se chamar PATO DONALD.

 

<>< O gibi do MICKEY começou a ser publicado em outubro de 1952. O primeiro exemplar trouxe a adaptação da animação CINDERELA (1950).

 

<> Depois de aparecer nas histórias de seu sobrinho Pato Donald, o avarento milionário TIO PATINHAS ganhou sua própria revistinha brasileira em 1963.

 

<> Criado por Walt Disney para o desenho animado ALÔ, AMIGOS (1942), o papagaio brasileiro ZÉ CARIOCA ganhou seu próprio gibi em 10 de janeiro de 1961.

 

Fonte: zero Hora/Segundo Caderno/Siliane Vieira (siliane.vieira@pioneiro.com) em 03/01/2019